MENTORIA LITERÁRIA

Imagem
João da Silva

AUTOR

Lucas Arantes

Agora é a sua chance de começar a ter a melhor Experiência de todas, em busca das próprias palavras, em sintonia com a sua própria voz.
Opa, Lucas aqui,

Aviso muito importante: Essa é uma mensagem diferenciada e direcionada apenas para algumas pessoas. Pessoas que estão com desejo de escrever e finalizar as suas histórias. 

Hoje eu trago essa mensagem, somente para pessoas que desejam dar um salto na criação das suas histórias...

O que diferencia as pessoas que desejam escrever de verdade, daquelas pessoas que apenas sonham e não se dedicam a pensar e a construir sua própria obra?

Sempre fui apaixonado por ensinar a arte da escrita e eu não consigo aceitar que alguém não consiga finalizar as suas histórias e sei que muitos dos meus alunos produzem obras literárias (ou pensam em produzir) frequentemente. Sei porque são pessoas sensíveis que buscam transformar e deixar a sua visão sobre a experiência única de seus dias.

Se a literatura têm uma função, pode ser a de deixar a vida com mais sentido. E um escritor que cria as suas próprias histórias, cria novos mundos para que possamos enxergar por novos olhos.

E assim como uma criança brinca com uma máscara, o adulto brinca ao acompanhar uma nova história, pois é por meio das máscaras que entendemos melhor o mundo.

O ponto de vista será sempre único e este é o fascinante jogo musical que a literatura provoca.

Além disso, escrever é a atividade empreendedora mais lucrativa que existe. Ela não exige investimento e pode render um retorno financeiro constante e significado para os seus criadores.

Sempre fui apaixonado na atividade empreendedora de um escritor. Aos 17 anos estava na faculdade de Jornalismo, penhorei uma corrente de ouro que ganhei da minha avó na formatura do terceiro ano, e imprimi a revista Arp, uma revista de arte que eu vendia em bares, teatros, shows e na própria faculdade. Após isso, lancei o meu primeiro livro de poesia (O Clã do Urso da Floresta), comecei um estágio como jornalista na Gazeta de Ribeirão, um extinto jornal local de Ribeirão Preto, e lancei o meu primeiro romance, O Outro Estranho, assim como a minha primeira peça de teatro, Suspensão, que ganhou os palcos do Sesc e dois anos depois o teatro paulistano. Segundo o jornalista de Teatro Miguel Arcanjo, a peça “abalou a Praça Roosevelt”, centro do teatro na cidade de São Paulo.

Outras críticas apareceram:

“Um Espetáculo original, de clima intenso. Um teatro vital, na vertente existencial, entre Beckett e Sartre” – Jefferson Del Rios, crítico do jornal “O Estado de S. Paulo”

“O Texto é excelente. Gosto da atmosfera becketiana” – Fernando Bonassi, escritor, roteirista do Castelo Rá-Tim-Bum e de filmes como “Carandiru” e “Cazuza – O tempo não para”.

“Montagem ousada, texto surpreendente” – Marici Salomão, dramaturga e jurada do prêmio Shell

“Uma situação absurda que dialoga diretamente com a realidade do mundo contemporâneo, revelando muito sobre a psiquê do homem de hoje, seus valores, seu vazio” – Gabriela Melão, dramaturga e jornalista da revista Bravo!


O retorno financeiro e crítico gerado por “uma folha em branco” e a minha teimosia em escrever eram surreais para um garoto da minha idade.

Este estopim me fez produzir constantemente.

E dificilmente eu sabia o que iria escrever nas próximas linhas. Escrever só se faz escrevendo. E por isso a escrita é sempre imprevisível, pois não podemos prever como ela vai sair. A escrita só acontece quando nos propormos a ela. E por isso, também, para um escritor de histórias: estar preparado é tudo.

E estar acompanhado perto das pessoas certas faz toda a diferença. Porque, no fim, somos a média das 5 pessoas que mais convivemos.

É fantástico pensar hoje que a capacidade de escrever que eu tinha, vinha, principalmente, da minha vontade de QUERER escrever. Estar perto de pessoas que tinham o mesmo desejo, foi a minha busca constante, pois somos a média das pessoas que mais convivemos...

A força de vontade de criar uma história e a resiliência de colocar esta história no papel, são as coisas que me moveram até os dias de hoje. E eu faço o possível para despertar esta habilidade nas pessoas que acompanham o meu trabalho de perto.

Posso afirmar que a minha paixão por ensinar e incentivar a prática da escrita esteve sempre comigo. E é transformador saber que eu consigo ajudar dezenas de pessoas a escreverem melhor as suas histórias.

E agora, chegou a hora de expandir novamente, mas dessa vez me aproximando ainda mais daquilo que considero ser o bem mais importante em todos os processos da escrita literária: as pessoas.

Nos últimos meses diversos escritores, de vários segmentos, têm me procurado querendo a minha consultoria (para ter foco e persistência) e o meu ponto de vista e direcionamento de seus trabalhos. As vezes eles chegam com textos prontos, outras vezes uma ideia que eles não sabem como executar, outras vezes exercícios ou textos curtos de escrita e até pessoas buscando um sentido para validar o que já escreveram ou encontrar um sentido para rever as ideias que já escreveu. Um escritor está sempre em busca de um sentido, não?

Depois de avaliar e pensar bastante sobre isso, cheguei à conclusão que posso agregar bastante valor a alguns escritores que querem lançar as suas histórias para o mundo ou finalizar uma história por questões pessoais e que não sabem como desenvolver, ou aqueles que querem iniciar uma jornada literária com mais segurança e que não conseguem resultados expressivos.

Unindo minhas paixões, literatura e pessoas, posso contribuir para você ter e fazer uma história realizada com maestria.

Foi com esse pensamento que eu criei a Mentoria Literária.

Estou com uma imensa vontade de compartilhar com outras pessoas o que aprendi na minha prática de ensino, o que funciona e o que não funciona, e incentivar as pessoas a construírem a sua história.

E depois de muito pensar, estudar e perceber a viabilidade disso, decidi ir em frente e abrir poucas vagas para um grupo que quero acompanhar muito de perto e ver decolar.

A Mentoria Literária foi desenvolvido para pegar pela mão as pessoas que estão nas primeiras fases ou quem já possue uma história em andamento, mas que precisam desenvolver o que imaginam.

Esse é o gargalo que vou resolver...

É um sistema para quem está determinado a fazer acontecer de uma vez por todas, aplicando força e atenção nos pontos precisos.

Quanto vale para você escrever e pensar as suas histórias e ter o suporte e ouvido para que isso se concretize?

Quando falo em literatura eu considero qualquer segmento, como roteiro, novela, histórias em quadrinhos, narrativas, romances, peças de teatro, poesia, composições, músicas, musicais, biografia, diário, autobiografia, seriados, webiséries, etc. Tudo que envolva a criação de uma história e o seu desenvolvimento.

Esse grupo é para você que quer olhar para a sua escrita de maneira profunda e num ângulo de 360º, visando também um modelo de lucratividade e gestão (se for o caso) e que busca trazer resultados positivos para a sua vida e posicionamento como escritor.

Eu não vou medir esforços para responder as suas dúvidas e suprir aquilo que você precisa para desenvolver as suas histórias.

Para quem pretende desvendar a criação literária de alto crescimento e impacto, acredito que esta é uma escolha que valha a pena…

E ainda, a melhor parte, receber o meu acompanhamento de maneira personalizada e com muito networking.

Provavelmente, você já conhece a minha história até aqui e sabe dos resultados que eu alcancei na minha jornada como escritor e professor de escrita literária.

Eu sou prático e gosto de coisas simples que trazem muito resultado.

Eu estou à frente de um ensino em que os meus alunos possuem resultados constantes.

Com isso, eu tenho vivência, tombos, recaídas, resultados, e experiências que a minha jornada literária me trouxe e mais de 10 anos de intensa prática e resultado real com o ensino literário.

Muitos alunos participam ativamente dos meus cursos, recebendo meu treinamento direto e construindo resultados sinceros.

Eu sempre sonhei em poder compartilhar com as pessoas o caminho que dá certo e que traz resultados de verdade, direto ao ponto e prático.

Esse é um projeto que está exigindo muito de mim, e está sendo feito para que eu possa compartilhar meu modelo inovador de crescimento e todo o conhecimento que adquiri na minha jornada literária.

IMPORTANTE: Você precisa saber que a Mentoria Literária não é como um curso online. Eu não vou ensinar você a usar ferramentas ou a fazer passo-a-passo operacional e sim a te direcionar estrategicamente a fazer o que pode te trazer resultados reais e imediatos com a sua história. Você não precisa ter algo escrito. Como também já pode ter. Eu vou trabalhar junto com você nas suas ideias e histórias.

Quando vamos participar de uma mentoria, como essa que estou oferecendo, é preciso estar alinhado com os propósitos e os resultados que eu ofereço. Isso pode acontecer de você ter sua participação recusada para este momento.

Por isso, formulei um questionário para saber se o trabalho que eu vou desenvolver vai ser útil e trazer resultados e diferenças na sua atividade literária.

Portanto, todos os momentos dependem muito de você, mas o início é que vai definir se você participa desta Mentoria ou não.

Com isso, te convido a preencher o formulário inicial, para que que eu possa avaliar a sua participação e assim, juntos, possamos fazer as suas ideias preencherem a página em branco e os seus objetivos e metas estarem alinhados com a conclusão e sucesso das suas histórias!

Vem comigo...

LINK PARA APLICAÇÃO. CLIQUE AQUI